quinta-feira, 13 de julho de 2017

SEQUÊNCIA DIDÁTICA - O VALOR DA AMIZADE


           
     
Objetivo Geral de Aprendizagem: Vivenciar situações de reflexões quanto à importância de ser e ter amigos.
Objetivo Geral de Ensino: Promover momentos de interação que possibilitem ao aluno ampliar a compreensão sobre o valor da amizade.
Público Alvo: Ensino Fundamental - 1º ao 5º Anos
Componentes curriculares priorizados:
- História
- Língua Portuguesa
- Arte
Etapas: 04
Tempo de estimado – 04 dias

ETAPA 1 – CONHECIMENTO PRÉVIO – Nossos melhores amigos

Objetivos
Conhecer o melhor amigo de cada aluno da turma;
Discutir por que os amigos são tão especiais;
Escrever texto com autonomia.

Estratégias
Mural – Nossos Melhores Amigos! - Distribuir vários corações para a turma e solicitar que pensem no seu melhor amigo e coloque o nome do mesmo dentro do coração, para compor o mural.
Após a montagem do mural, conversar com os alunos sobre o porquê de eles serem seus melhores amigos? O que eles têm de tão especiais que os fazem se destacar entre as outras pessoas? Se essas pessoas são tão especiais é por que você estabeleceu com ela um pacto de algo bom, assim, o que mais valorizam na amizade?

Recursos
Cartolina colorida, pincel, lápis, TNT, entre outros.

Avaliação
Fez colocações pertinentes ao tema?
Escreveu o texto com autonomia? Com ajuda? Não escreveu?

ETAPA 2 – APROFUNDANDO O TEMA – Isso eu valorizo na amizade!

Objetivos
Refletir sobre os valores que permeiam a amizade;
Ler em voz alta com autonomia;
Escrever texto com autonomia;


Estratégias

Leitura compartilhada – Texto: O pequeno Livro da Amizade – Christine Coirault;

Interpretação Oral do Texto – Segundo o texto, o que os amigos costumam fazer juntos? O que a autora do livro sugere como o maior valor da amizade?

Tabela – O valor da Amizade - levar uma tabela previamente esboçada e solicitar a cada aluno que venha até a mesma, colocar seu nome e uma palavra para simbolizar o que mais valoriza numa amizade: sinceridade? Compreensão? Companheirismos?...

Recursos
Texto impresso, tabela, lápis, pincel, entre outros.

Avaliação
Fez colocações pertinentes quando aos valores que estão envolvidos numa relação de amizade?
Leu com fluência? Leu sem fluência? Silabando? Não leu?
Escreveu com autonomia? Com ajuda? Não escreveu?


ETAPA 3 – APROFUNDANDO O TEMA  -  Amigo é para respeitar e com ele contar 

Objetivos
Refletir sobre o respeito ao outro e a ajuda mútua;
Fazer apreciação musical;
Ler em voz alta com autonomia;
Escrever texto com autonomia.

Estratégias

Apreciação Musical – Canção: É tão lindo – Balão mágico

Leitura compartilhada – Letra da canção – É tão lindo – Balão mágico

Interpretação Oral da canção – Segundo a canção o que é mais importante entre os amigos? Se sou verdadeiramente amigo de alguém como devo trata-lo? O respeito ao outro é importante na relação de amizade? Por quê? Além de respeitar os amigos, o que podemos fazer estando com eles? Que tipo de atividades vocês costumam vivenciar com seus amigos?

Dinâmica – Com os amigos podemos... Confeccionar um coração grande, distribuir uma ficha em branco para cada aluno e solicitar aos mesmos que escrevam uma atividade que eles costumam fazer com seus amigos. Fazer uma síntese do apanhado das respostas, destacando que os amigos são para respeitar, pois com eles sempre podemos contar.

Recursos
Texto impresso, aparelho de som, pen driver ou celular, ficha, gravura de coração, entre outros.     
  
Avaliação
Apreciou a canção?
Compreendeu que o respeito e a ajuda mútua são indispensáveis numa amizade?
Leu com fluência? Leu sem fluência? Silabando? Não leu?
Escreveu com autonomia? Com ajuda? Não escreveu?


ETAPA FINAL – A amizade tem valor!

Objetivo
Participar de interações nas quais o trabalho em grupo e a ajuda mútua estejam presentes.

Estratégias

Festival Da Amizade - Fazer a divisão prévia da turma em grupos e encandear com antecedência, as seguintes atividades a serem desenvolvidas e apresentadas no grande grupo, conforme data a ser estipulada pelo professor.

Grupo 1 - Apresentação de uma música sobre amizade (a escolha deve ficar a critério do grupo);

Grupo 2 - Produção textual sobre a amizade – poema ou um conto produzindo pelo grupo;

Grupo 3 – Brincadeira – os amigos se reconhecem (descobrir quem é o amigo através do toque das mãos, com olhos vendados);

Grupo 4 – Leitura ou contação de história sobre amizade (a escolha deve ser a critério do grupo, mediante pesquisa);

Após a realização das apresentações fazer o encerramento das atividades sobre o tema com uma grande roda de leitura para ler e cantar a canção – Eu quero apenas – Roberto Carlos.

Grande grupo - Lanche coletivo.

Recursos
Ver necessidade dos grupos, conforme suas atividades propostas.

Avaliação
Participou ativamente do processo de construção da proposta de atividade e sua respectiva apresentação no grande grupo?



ANEXOS

Texto: O pequeno Livro da Amizade – Christine Coirault;

Olá a todos!
Quantos mais amigos tiveres, melhor!
Os amigos fazem coisas em conjunto.
Brincam juntos.
Olham uns pelos outros.
Partilham as suas coisas preferidas.
Os amigos são atenciosos e solidários.
Ajudam-se uns aos outros.
Os amigos estão sempre disponíveis para ti...
... e tu também estás sempre disponível para eles!
Os amigos fazem tudo para poderem se...
... comunicar uns com os outros.
Os bons amigos...
... mantêm-se unidos.
... seja em que situação for!
Queres ter amigos para toda a vida?
Mas como hás de encontrá-los e, mais importante ainda, como manter uma verdadeira amizade com eles?
É fácil!
Para fazeres amigos e para que todos gostem de ti, lê este livro e nunca te esqueças de uma coisa: sê sempre sincero! 


É TÃO LINDO
A TURMA DO BALÃO MÁGICO
SE TEM BIGODES DE FOCA
NARIZ DE TAMANDUÁ
-PARECE MEIO ESTRANHO, HEIM!
-RUM!
TAMBÉM UM BICO DE PATO
E UM JEITÃO DE SABIÁ...

MAS SE É AMIGO
NÃO PRECISA MUDAR
É TÃO LINDO
DEIXA ASSIM COMO ESTÁ
E EU ADORO, ADORO
DIFÍCIL É A GENTE EXPLICAR
QUE É TÃO LINDO...

SE TEM BIGODES DE FOCA
NARIZ DE TAMANDUÁ
-E ORELHAS DE CAMELO, NÉ TIO?
-É!
MAS SE É AMIGO DE FATO
A GENTE DEIXA COMO ELE ESTÁ...

É TÃO LINDO!
NÃO PRECISA MUDAR
É TÃO LINDO!
É TÃO BOM SE GOSTAR
E EU ADORO!
É CLARO!
BOM MESMO É A GENTE ENCONTRAR
UM BOM AMIGO...

SÃO OS SONHOS VERDADEIROS
QUANDO EXISTE AMOR
SOMOS GRANDES COMPANHEIROS
OS TRÊS MOSQUETEIROS
COMO EU VI NO FILME...

É TÃO LINDO!
NÃO PRECISA MUDAR
É TÃO LINDO!
DEIXA ASSIM COMO ESTÁ
E EU ADORO E AGORA
EU QUERO PODER LHE FALAR
DESSA AMIZADE QUE NASCEU
VOCÊ E EU!
NÓS E VOCÊ!
VOCÊS E EU!
E É TÃO LINDO!...

-TIO!
-HEIM!
-É LEGAL TER UM AMIGO, NÉ?
-É MARAVILHOSO
MESMO QUE ELE TENHA
BIGODES DE FOCA
E ATÉ UM NARIZ DE TAMANDUÁ
-E ORELHAS DE CAMELO TIO, LEMBRA?
-ORELHAS DE CAMELO?
-É TIO!
-É MESMO, ORELHAS DE CAMELO!
MAS É UM AMIGO, NÃO É?
-É!
-ENTÃO NÃO SE DEVE MUDAR!




Música - Eu Quero Apenas - Roberto Carlos

Eu quero apenas olhar os campos
Eu quero apenas cantar meu canto
Eu só não quero cantar sozinho
Eu quero um coro de passarinhos

Quero levar o meu canto amigo
A qualquer amigo que precisar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar

Eu quero apenas um vento forte
Levar meu barco no rumo norte
E no caminho o que eu pescar
Quero dividir quando lá chegar

Quero levar o meu canto amigo
A qualquer amigo que precisar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar

Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar
Eu quero crer na paz do futuro
Eu quero ter um quintal sem muro
Quero meu filho pisando firme
Cantando alto, sorrindo livre

Quero levar o meu canto amigo
A qualquer amigo que precisar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar

Eu quero amor decidindo a vida
Sentir a força da mão amiga
O meu irmão com um sorriso aberto
Se ele chorar quero estar por perto

Quero levar o meu canto amigo
A qualquer amigo que precisar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar

Venha comigo olhar os campos
Cante comigo também meu canto
Eu só não quero cantar sozinho
Eu quero um coro de passarinhos
Quero levar o meu canto amigo
A qualquer amigo que precisar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar
Eu quero ter um milhão de amigos

E bem mais forte poder cantar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar

quarta-feira, 7 de junho de 2017

SEQUENCIA DIDÁTICA - ÁGUA: SABER CONSUMIR É NÃO DESPERDIÇAR



ÁGUA: SABER CONSUMIR É NÃO DESPERDIÇAR

  Objetivo: Promover situações de aprendizagens conceituais, procedimentais e atitudinais, quanto à importância da água para a manutenção da vida no planeta e como utilizá-la racionalmente, buscando soluções individuais e comunitárias em relação ao seu consumo.
Público Alvo: Ensino Fundamental - 4º e 5º Anos
Componentes curriculares priorizados:
Ciências
Geografia
 Matemática
Língua Portuguesa
Etapas: 10
 Tempo Estimado – 10 dias.


ETAPA 1 – CONHECIMENTO PRÉVIO – Água: definições e importância

Objetivos de aprendizagem
Definir o que é água e descrever sua importância;
Ler em voz alta com fluência.

Estratégias de Ensino
 Atividade em Grupo – dividir a turma em grupos para responder as seguintes questões: O que é água?  Podemos viver sem água? Justifique.
  Solicitar aos grupos que socializem as respostas, o professor pontua no quadro as respostas dadas, selecionando apenas o que as diferencia;
Ler o apanhado dos conhecimentos prévios sobre as questões e iniciar a ampliação dos conhecimentos sobre o tema, destacando os objetivos do estudo.

Recursos
Folha impressa com as questões para os grupos, caneta e borracha.

 Avaliação da Aprendizagem
 - Definiu satisfatoriamente o que é água? 
Justificou bem a importância da água?
 - Leu com fluência?


  
    ETAPA 2 – AMPLIANDO CONHECIMENTO - Água: um bem precioso da natureza

Objetivos de aprendizagem
Ampliar conceitos sobre a água e sua importância para a vida no planeta;
Ler com autonomia;
Localizar informação explicita em texto

Estratégias de Ensino
Atividade no grande grupo – leitura compartilhada do texto: Água: um bem precioso da natureza;
    Após a leitura compartilhada, realizar questionamento sobre informações explícitas do texto: conceito de água, estados físicos da água, cobertura da terra, mediante questionamentos orais.

Recursos
 Texto impresso - Água: um bem precioso da natureza

 Avaliação da Aprendizagem
Ampliou conceitos sobre a água e sua importância para a vida no planeta?
Leu com autonomia?
Localizou informação explicita em texto?



ETAPA 3 – AMPLIANDO CONHECIMENTO - Água: o recurso natural importante de nosso planeta

Objetivos de aprendizagem
Ampliar conceitos sobre a água e sua importância para a vida no planeta;
Escrever e Ler com autonomia;
Localizar informação explicita em texto.

Estratégias de Ensino
  Atividade em grupo – Listar 10 usos da água doce no cotidiano e socializar no grande grupo a lista produzida;
Propor a leitura compartilhada do texto: Água: o recurso natural para importante de nosso planeta;
  Após leitura, realizar questionamentos sobre informações explícitas no texto, confrontando-as com as listas produzidas previamente, ampliando assim, o repertório dos alunos sobre o uso da água doce no cotidiano dos humanos e na manutenção das outras formas de vida do planeta.

Recursos
Textos impressos – Lista de usos da água doce e texto do Água: o recurso natural para importante de nosso planeta e canetas

 Avaliação da Aprendizagem
Ampliou conceitos sobre a água e sua importância para a vida no planeta?
Leu e produziu texto com autonomia?
Localizou informação explicita em texto?


ETAPA 4 – AMPLIANDO CONHECIMENTO –  Curiosidades sobre a água

Objetivos de aprendizagem
Investigar algumas curiosidades sobre a água
Ler com autonomia;
Produzir texto com autonomia.

Estratégias de Ensino
Atividade em Dupla – Pesquisa na Internet – Curiosidades sobre a água
Cada Dupla registrará os resultados em cartaz e socializará os resultados no grande grupo.

Recursos
Computador, cartolina peso 40, lápis, caneta.

Avaliação da Aprendizagem
Investigou as curiosidades com autonomia?
Soube expressar-se sobre o assunto com propriedade?
Leu e produziu texto com autonomia (cartaz)?


    ETAPA 5  – AMPLIANDO CONHECIMENTO –  Consumo de água e racionamento

Objetivos de aprendizagem
Refletir sobre o desperdício de água e como proceder para economizá-la.
Produzir tabelas e gráficos

Estratégias de Ensino
Propor uma pesquisa sobre as atividades cotidianas em que os alunos mais desperdiçam  água, elencando os resultados numa Tabela de Desperdício de Água da Turma, previamente esboçada. O professor fará a mediação, questionando cada aluno e escrevendo os resultados. 

   Após a construção da tabela, fazer o resumo dos resultados através da elaboração do Gráfico de Desperdício de Água da Turma. Tendo a tabela como referencia para construção do gráfico, o professor fará a mediação, questionando quanto aos resultados e como deverá ser estruturação do gráfico, com posterior leitura geral para a turma.

Feito o gráfico, realizar a leitura compartilhada do texto: Consumo de água e racionamento, fazendo    um paralelo do texto com os resultados encontrados de desperdício da turma e refletindo sobre algumas atitudes necessárias para economizar água.

Recursos:
Cartolinas peso 40, pincel atômico, texto impresso.

Avaliação da Aprendizagem
Soube expressar-se sobre o assunto com propriedade?
Fez a leitura e análise de dados de maneira satisfatória?
Compreendeu estruturalmente como é possível criar um gráfico?


ETAPA 6 – AMPLIANDO CONHECIMENTO –  Qual a importância da água para os membros da comunidade?

Objetivos de aprendizagem
Investigar a importância da água na visão das pessoas da comunidade;
Ler, escrever com autonomia.

Estratégias de Ensino
Atividade em Dupla – Pesquisa – Qual a importância da água para os membros da comunidade?
   Elaborar questionário (ou utilizar a sugestão de questionário em anexo), ler com os alunos  as questões propostas, explicar os procedimentos de pesquisa de rua, enviar como atividade para casa;
Cada Dupla socializará os resultados da pesquisa na aula seguinte.

Recursos
Questionário de pesquisa, lápis, caneta, borracha.

Avaliação da Aprendizagem
Investigou a importância da água para as pessoas da comunidade?
Leu e produziu e analisou texto com autonomia?


ETAPA 7 – AMPLIANDO CONHECIMENTO –  Ausência de chuvas e suas implicações para a vida na comunidade

Objetivos de aprendizagem
Discutir os resultados da pesquisa realizada junto à comunidade;
Refletir sobre as secas na região nordeste e suas implicações para a vida da população do campo.

Estratégias de Ensino
Socialização dos resultados da pesquisa da Atividade para Casa– Pesquisa: Qual a importância da água para os membros da comunidade?
Avaliação geral da atividade de pesquisa e mediante algumas questões lançadas pelo professor, sobre a situação das comunidades rurais quanto a falta de chuva.
    Leitura Compartilhada e discussão sobre o Noticiário: Mais de 850 municípios brasileiros enfrentam problemas por falta de água em 2017.

Recursos
Questionário de pesquisa e Texto impresso (noticiário)

Avaliação da Aprendizagem
Realizou, apresentou e discutiu satisfatoriamente os resultados da pesquisa?


ETAPA 8 – AMPLIANDO CONHECIMENTO –  Consumo de água no mundo

Objetivos de aprendizagem
Conhecer os principais países que mais consumem água no mundo e a recomendação da ONU quanto ao consumo diário por pessoa.

Estratégias de Ensino
Apresentar uma lista com os países que mais consumem água no mundo;
Fazer a leitura e análise da lista como os alunos;
  Refletir sobre o consumo de água diário dos alunos, tendo como parâmetro a recomendação da ONU, propondo aos alunos que observem o comprovante de consumo de água mensal emitido pela companhia de água.

Recursos
Lista de consumo de água.

Avaliação da Aprendizagem
Participou das discussões satisfatoriamente?
Mostrou-se sensível quanto à problemática?


ETAPA 9 – AMPLIANDO CONHECIMENTO – O perigo das águas poluídas

Objetivos de aprendizagem
Refletir sobre os perigos das águas poluídas para a vida dos seres humanos;
Discutir sobre poluição das águas na comunidade.

 Estratégias de Ensino
Exposição do vídeo - Doenças transmitidas pela água poluída;
  Conversar com os alunos sobre como eles costumam de portar nos períodos chuvosos, como conservam a água em casa, destacando os perigos pelos quais a população passa em decorrência da utilização de água poluída.

Recursos
Vídeo - Doenças transmitidas pela água poluída.

Avaliação da Aprendizagem
Discutiu satisfatoriamente o conteúdo do vídeo?
Fez relação do conteúdo apresentado com suas vivencias?


  ETAPA FINAL – CONSOLIDAÇÃO DAS APRENDIZAGENS–  Água: saber consumir é não desperdiçar

Objetivos de aprendizagem
   Interagir com a comunidade, no intuito de sensibiliza-la acerca da importância da água para a vida, seu consumo responsável.  

Estratégias de Ensino

Para a mobilização junto à comunidade – sugestões

  Sugestão 1 -  Tendas Reflexivas - Exposição de trabalhos para a comunidade – Um resumo do estudo realizado em sala, por meios de 03 tendas (3 grupos de trabalho), nas quais os alunos tratariam em, separado, os temas específicos: A importância da água para a    manutenção da vida(T1) – Agua - consumo e desperdício(T2) -  Os perigos da poluição das águas para os seres humanos (T3); utilizando-se de diferentes estratégias de exposição: vídeos, cartazes educativos, painéis temáticos, apresentações musicais, dentre outras.

Sugestão 2 - Folheto Informativo – elaboração de um resumo geral do estudo – posteriormente realizar panfletagem na comunidade, objetivando sensibilizar quanto a necessidade de preservação desse recurso natural.

Recursos
Materiais a serem selecionados pelo grupo, conforme escolha de estratégias de exposição.

Avaliação da Aprendizagem
Engajou-se no trabalho de mobilização?
Demonstrou domínio quanto a problemática?


ANEXOS 


      QUESTÕES PRÉVIAS
ÁGUA: definição e importância


         O que é água? 


         Podemos viver sem água? Justifique.



Texto 1 - Água: um bem precioso da natureza
A água é um composto químico formado por dois átomos de hidrogênio e um de oxigênio. Sua fórmula química é H2O. Porém, um conjunto de outras substâncias como, por exemplo, sais minerais juntam-se a ela. Nos oceanos, por exemplo, existe uma grande quantidade de sal misturada a água.
 A água pura não possui cheiro nem cor. Ela pode ser transformada em gelo (solidificação) quando está numa temperatura de zero grau Celsius. A água ferve quando atinge a temperatura de 100 graus Celsius (no nível do mar).
Cerca de três quartos da superfície do planeta Terra é coberto por água. Em função deste aspecto, nosso planeta, visto do espaço, assume uma cor azulada. Sem este líquido precioso o ser humano não teria se desenvolvido neste planeta. Basta dizer que o corpo do ser humano é quase totalmente formado por água. A água também é fundamental para a vida dos outros animais e plantas do nosso planeta.
 A água é extremamente importante para o homem. Na antiguidade, por exemplo, as grandes civilizações se desenvolveram às margens de rios. Os egípcios, por exemplo, dependiam das águas do rio Nilo para quase tudo. A civilização da Mesopotâmia também utilizou este recurso natural dos rios Tigre e Eufrates.


  
Quais os principais usos da água doce?







Texto 2 - Água: o recurso natural para importante de nosso planeta

Antes de tudo é sempre bom lembrar que sem água não haveria vida em nosso planeta. Ela é de extrema importância para a vida de todos os seres vivos que habitam a Terra. Embora este recurso seja encontrado em abundância em nosso planeta (cerca de 70% da superfície é composto por água), somente 4% da água é doce, ou seja, própria para o consumo. Levando em conta que a população mundial atual é de sete bilhões de habitantes e continua crescendo, é de fundamental importância que o ser humano busque formas de usar a água de forma racional e inteligente. Economizar água para que não falte no futuro é o grande desafio ambiental neste início de milênio.
 Importância da água doce para os seres humanos (principais usos da água):
- Funcionamento e manutenção do corpo humano.
 - Irrigação na agricultura (produção de alimentos para os seres humanos). Uso também na pecuária (criação de gado).
 - Funcionamento dos ecossistemas (fauna e flora), tanto aquáticos quanto terrestres.
 - Uso da água na produção industrial (bens materiais, medicamentos, alimentos industrializados, etc.).
 - Geração de energia nas usinas hidrelétricas.
 - A evaporação da água doce das principais fontes hídricas (rios, lagos, açudes e represas) são importantes na formação de chuvas e da umidade do ar.
                                  Disponível em:http://www.suapesquisa.com/ecologiasaude/agua.htm


Pesquisa - Curiosidades sobre a água
 - A água é formada por dois átomos de hidrogênio e um átomo de oxigênio.
 - Á água é vital para a existência de todas as formas de vida conhecidas em nosso planeta.
 - A água cobre cerca de 70% da superfície da Terra.
 - Em condições normais de temperatura e pressão, a água é encontrada em estado líquido.
 - Cerca de 75% do corpo humano é composto por água.
 - Cerca de 70% da água existente na Terra é salgada (encontrada nos oceanos).
 - A água está presente nos cometas na forma de gelo. A cauda de um cometa é formada, principalmente, por água em estado gasoso (vapor).
 - Em pequena quantidade, a água em estado líquido é incolor. Em grande quantidade, como em lugares profundos, a água assume a cor azul-esverdeada.
 - Já no estado sólido (gelo) a água assume uma tonalidade azulada quando presente em grande quantidade.
 - Cerca de 70% da água doce do nosso planeta é usado nas atividades da agricultura.
 - O consumo residencial é responsável pelo consumo de, aproximadamente, 10% da água doce.
 - O ponto de ebulição da água (transforma-se em vapor) ocorre aos 100 ºC, desde que o processo ocorra num local ao nível de mar. Em altitudes maiores, onde a pressão atmosférica é menor, o ponto de ebulição da água é menor.
 - A água é o solvente mais utilizado no mundo, estando presente em diversas atividades industriais, domésticas e científicas.
 - A água pura conduz pouca energia elétrica.
 - A quantidade de água na superfície terrestre é de, aproximadamente, 1.386 milhões de quilômetros cúbicos.
 - Em diversas religiões a água é considerada um importante elemento purificador do corpo e da alma.
 - Na água mineral encontram-se diversos elementos químicos, principalmente minerais. Os principais são: sulfato de cálcio, sulfato de magnésio, cloreto de sódio, óxido de alumínio, óxido de silício, bicarbonato de magnésio, cloreto de potássio e sulfato de estrôncio.
 - A água é o composto químico presente em maior quantidade em nosso planeta.
 - A água pode ser encontrada em três estados: sólido (gelo), líquido e gasoso (vapor).
 - As nuvens são formadas, principalmente, por água em estado gasoso (vapor).
 - No planeta Terra existe cerca de 1,4 trilhão de metros cúbicos de água.
 - A água possui elevada capacidade térmica (absorver ou perder calor) em comparação a outras substâncias comuns, quando submetidas a mesma temperatura.
                        Disponível em: http://www.suapesquisa.com/ecologiasaude/agua.htm


Texto 3 - Consumo de água e racionamento
A água é um bem precioso que deve ser consumido de forma racional. Estudiosos apontam que, futuramente, a água poderá se tornar rara caso continue ocorrendo desperdício. Em algumas regiões do mundo, principalmente nas mais pobres, já ocorre a falta de água.
 Dicas de racionamento e tratamento de água no dia-a-dia:
 - Não use água para lavar carros e calçadas;
- Ao escovar os dentes, feche a torneira;
- Tome banhos mais curtos, ensaboando o corpo antes de ligar o chuveiro;
- Acabe com os vazamentos em canos residenciais;
- Para quem tem piscina, evite trocar a água constantemente. Use procedimentos de tratamento de água;
- Ao tomar conhecimento de vazamento de água nas ruas, comunique imediatamente a empresa de água responsável ou a prefeitura.
- Junte uma boa quantidade de roupas antes de coloca-las na máquina de lavar;
- Ajude a combater a poluição das águas. Não jogue lixo nos rios e córregos. Não jogue óleo de cozinha no encanamento, pois este produto irá contaminar as águas. Um litro de óleo de frituras pode contaminar até um milhão de litros de água.
 Lembre-se: se todos economizarem a água não vai faltar. Racionando, podemos ajudar o meio ambiente e economizar dinheiro. Ganha-se duas vezes.


TABELA DE DESPERDÍCIO DE ÁGUA DA TURMA
NOME DO ALUNO
ATIVIDADE







PESQUISA JUNTO A COMUNIDADE
Qual a importância da água para os membros da comunidade?

Nome do pesquisado: _____________________________________________________
Anos completos: _________

Questões sugeridas:

1.            O que é água?

2.            Podemos viver sem água? Justifique.


3.            Você acha importante economizar água? Por quê?


4.            Em sua casa você gasta mais água fazendo que tipo de atividade?


5.            O que você fazia e tem deixado de fazer para poupar a água?


6.            Na comunidade, em quais atividades utilizamos mais água?


7.            Como você imagina que ficará a comunidade se tivermos um longo período sem chuvas?


Noticiário - MAIS DE 850 MUNICÍPIOS BRASILEIROS ENFRENTAM PROBLEMAS POR FALTA DE ÁGUA EM 2017

Fabíola Sinimbu e Líria Jade - Repórteres da Agência Brasil

Em 2017, em todo o Brasil, já são 872 as cidades com reconhecimento federal de situação de emergência causada por um longo período de estiagem. A região mais afetada é a do Nordeste e o estado da Paraíba é o que concentra maior número de municípios, com 198 que comunicaram o problema à Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec).
O professor Sérgio Koide, do Departamento de Engenharia Civil e Ambiental da Universidade de Brasília (UnB), explica que o que deflagra o processo da crise hídrica é o clima, mas a falta de planejamento faz com que a margem de segurança entre a oferta e a demanda seja muito pequena. “Com um bom planejamento e com investimentos, você consegue fazer uma gestão mesmo em situações de certa escassez de recursos”, explica. Para ele, o risco de insuficiência de água para o abastecimento ocorre quando o planejamento não é cumprido, na medida que a oferta vai se aproximando da demanda. “Neste caso, é preciso fazer um novo planejamento, com antecedência, e adotar as medidas necessárias, como investimentos em obras, para evitar a falta de abastecimento.”
O engenheiro explica que, no Distrito Federal, por exemplo, a Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) sabia desde o ano 2000 que “a partir de 2005 a demanda se aproximaria perigosamente da oferta”. “De maneira geral, as pessoas que trabalham com o planejamento conseguem antever quando vai começar a zona de risco, mas como o planejamento é longo prazo e os investimentos são altos, nem sempre eles são cumpridos.”
QUANTITATIVO DE MUNICÍPIOS COM RECONHECIMENTO VIGENTE POR ESTIAGEM/SECA
Com respectivamente 154 e 140 cidades em situação de emergência, os estados do Rio Grande do Norte e Ceará, também sofrem sem água. Segundo a meteorologista Morgana Almeida, chefe da previsão do tempo do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), esta situação é reflexo de um acúmulo dos impactos causados pelo El Niño. “Temos que olhar para o retrovisor. O El Niño é um fenômeno que acontece há cinco anos e atingiu seu ápice nos últimos três, o que levou o semiárido nordestino a uma situação de seca excepcional e isto impacta diretamente nos reservatórios que abastecem as cidades da região.”
O estado do Ceará, por exemplo, vem enfrentando secas seguidas desde 2011, o que fez com que o volume de água armazenado esteja atualmente em 8,8% dos reservatórios, o menor em mais de vinte anos. Mesmo com uma das situações mais críticas no Brasil, ainda não houve racionamento de água no consumo da população cearense.
De acordo com o diretor de negócios do interior da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), Helder Cortez, a companhia e representantes do estado e do governo federal se uniram para elaborar ações que buscassem reverter o problema hídrico em cada um dos municípios. Como resultado destas ações o estado conseguiu reduzir em média 21% o consumo por ligação na Região Metropolitana de Fortaleza. Para Helder esse resultado foi “fruto de uma campanha de comunicação e sensibilização da sociedade”, mas não garante ainda o reabastecimento dos reservatórios. “A recarga da região metropolitana de Fortaleza ainda está fraca. Se continuarmos assim deveremos fazer um novo estudo e talvez chegar a um contingenciamento mais severo.”
Na Bahia, desde o mês passado, a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) determinou o racionamento de água 13 municípios da região Centro Norte do Estado, por causa da falta de chuvas. De acordo com a Embasa, a Bahia está enfrentando “a pior seca dos últimos 100 anos”. O racionamento atingiu as cidades de Jacobina, Pindobaçu Antonio Gonçalves, Campo Formoso, Serrolândia, Várzea do Poço, Caldeirão Grande, Ponto Novo, Filadélfia, Itiúba, Jaguarari, Andorinha e Senhor do Bonfim. Além dos municípios do Centro Norte da Bahia, estão em situação de alerta outros 81 municípios baianos.
Na Paraíba, o número de cidades com problemas de abastecimento de água devido à estiagem aumentou 60% em um ano. Segundo dados da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa), a quantidade de cidades em racionamento eram 102 no ano passado e, agora, são 198.
Outra região também afetada pelos efeitos do El Niño é o Centro-Oeste. O Distrito Federal decretou situação de emergência no fim de janeiro, quando sofreu reduções significativas no reservatório da Barragem do Rio Descoberto e atingiu o nível crítico abaixo de 20%. Diferente do estado do Ceará, ainda em janeiro o DF iniciou um calendário de racionamento que inicialmente atingiu 1,8 milhão de pessoas.
Com a estiagem e a diminuição do nível do segundo maior reservatório da região, o de Santa Maria, a região central de Brasília, o Plano Piloto, também foi incluído no racionamento, ficando de fora apenas a Esplanada dos Ministérios e os hospitais públicos.
Não é de hoje que o mundo chama a atenção para a importância da gestão racional da água, o debate é antigo e vem sendo reforçado ao longo da história com marcos como o Dia Mundial da Água, decretado em 1992, pela Organização das Nações Unidas, ou o Ano Internacional de Cooperação pela Água, que em 2013 foi dedicado pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura para reflexão sobre o tema.
No entanto, mesmo com tantos reforços para lembrar sobre a importância dos recursos hídricos do planeta, as pessoas ainda não aprenderam a gerir de forma adequada a água. No Brasil, algumas cidades já percebem este impacto em seus cotidianos, a história continuará se repetindo se não houver mais conscientização. Este ano regiões Nordeste e Centro-Oeste são as mais afetadas, mas há um ano São Paulo, por exemplo superou a maior crise hídrica de sua história, que teve início em janeiro de 2014.

LISTA DE CONSUMO MUNDIAL DE ÁGUA
Lista* dos países que mais consomem água no mundo em valores per capita (litros por pessoa) em comparação com alguns dos que menos consomem ou que apresentam utilização moderada.
Lista de utilização diária média por pessoa dos países:
Estados Unidos – 575 litros por pessoa
Austrália – 495 litros por pessoa
Itália – 385 litros por pessoa
Japão – 375 litros por pessoa
México – 365 litros por pessoa
França – 285 litros por pessoa
Brasil – 185 litros por pessoa
Peru – 175 litros por pessoa
Reino Unido – 150 litros por pessoa
Índia – 135 litros por pessoa
China – 85 litros por pessoa
Nigéria – 35 litros por pessoa
Etiópia – 15 litros por pessoa
Recomendado pela ONU – 110 litros por pessoa
____________________________
* Fonte dos dados: Guia do Estudante (Editora Abril, 2009).